REPRESENTAÇÕES SOCIAIS SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA NOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

  • Silvania Maria da Silva Gil Unisantos
Palavras-chave: prática pedagógica, anos finais do ensino fundamental, representações sociais

Resumo

Esta pesquisa, em andamento, intenciona investigar as representações sociais sobre as práticas pedagógicas de professores que atuam nos anos finais do ensino fundamental, que têm estudantes com deficiência matriculados na rede regular de ensino. A partir do referencial teórico da Teoria das Representações Sociais (MOSCOVICI, 2012, 2015) e das técnicas de observação de Altet (2017), busca-se identificar quais práticas são desempenhadas pelos professores em sala de aula e em qual referencial se baseiam.  O estudo tem uma abordagem qualitativa de caráter exploratório, realizada através da técnica de evocação, observação de aulas e entrevistas semiestruturadas.  Os dados estão sendo organizados e observados através da Análise de Conteúdo (BARDIN, 2007, FRANCO, 2012), ainda em andamento. A partir dos dados analisados até o momento, observa-se que alguns professores já possuem uma visão holística do estudante, mas outros ainda não se sentem preparados, indicando que os estudantes  com deficiência têm "falta" ou "ausência" de alguma coisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
30-09-2020
Como Citar
MARIA DA SILVA GIL, S. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA NOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL. Brazilian Journal of Policy and Development - ISSN: 2675-102X, v. 2, n. 3, p. 339-344, 30 set. 2020.
Seção
Resumos expandidos